quinta-feira, 7 de julho de 2022

Campo Grande/RN: município cai no ranking da qualidade da informação contábil e fiscal do tesouro nacional

O Município de Campo Grande caiu 4 posições no Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal, publicação do Tesouro Nacional que tem como objetivo avaliar a consistência das informações contábeis e fiscais enviadas pelos entes por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi).

Na Edição 2021, referentes a gestão do prefeito Bibi de Nenca (MDB), Campo Grande ficou em 25° lugar no Ranking entre todos os municípios do Rio Grande do Norte, tendo o segundo pior desempenho entre todos os municípios da Microrregião Médio Oeste, que conta com outros cinco municípios.

Nos dois levantamentos anteriores, o município ocupava a primeira e a segunda colocação, respectivamente, entre os anos de 2020 e 2019 na gestão do ex-prefeito Manoel Veras.

Na análise nacional do desempenho dos municípios, Campo Grande recebeu nota “C” na pontuação do Indicador da Qualidade Contábil e Fiscal no Siconfi (ICF), com 68.49 no total de acertos e percentual de 75,3% e 68.49.

Nos anos de 2019 e 2020 (Gestão do ex-prefeito Manoel Veras) o município tinha nota estava no 25°lugar no ranking estadual e nota “B” no IFC.

Upanema.Net

Nenhum comentário:

Postar um comentário